quarta-feira, 18 de março de 2009

Pesquisa no Twitter e Facebook sobre marketing

É para meu agrado que ao efectuar uma pesquisa sobre "marketing" aparecem inúmeros grupos com o tema relacionado. Dirigi-me primeiro ao Twitter. Suscitou-me a atenção um utilizador que é o MarketingBusca e respectivo blog onde tem informações e textos bastantes esclarecedores. Sem dúvida que o twitter tem uma maior abrangência a nivel de grupos sobre marketing que o Facebook, apesar de também já ter aderido a alguns grupos sobre marketing interessantes, tal como um que sigo diariamente "Negócios - Marketing & Publicidade".
A notícia que mais me agradou foi a ViralMarketingMom que me aconselhou .
Aqui vai uma notícia que retirei do site acima referido que sem dúvida é o que se passa nesta nova era do marketing relacional.
"This spring, acquiring new customers presents a whole different set of challenges. We've entered an era of relationship marketing thanks to the recession, and customers are putting their limited dollars behind the products and services they know, trust and believe in. There's a renewed emphasis on interpersonal selling skills and one-to-one experiential tactics that help you build face time--and credibility--with new customers.
Experiential marketing describes a host of marketing tactics that bring prospective customers or clients into direct contact with what you sell in a way that's positive and memorable. In other words, it helps you connect with customers on an emotional level. And the great news is that experiential marketing doesn't have to cost a fortune.
Everyone knows we believe most in what we see and experience ourselves. A positive or negative experience can color our relationship to what's being tried. Even a kid who's thrilled to take his first bike ride may come away with an unfavorable attitude toward bicycles if he falls and breaks his arm. As a business owner, it's up to you to engineer positive interactions between your prospects and your products or services to ensure nothing--particularly the customer relationship--gets broken." By Kim T. Gordon

segunda-feira, 16 de março de 2009

Vídeo que ganhou o prémio de publicidade

video

Este foi um vídeo que ganhou o festival de Cannes em 2007 por melhor vídeo publicitário. Visto que é uma vertente da minha área penso que será interessante a sua visualização.

O Marketing na Internet é uma realidade?

"Fala-se dele, mais do que se pratica. Mas não há dúvidas de que uma rede de comunicação que congrega dezenas de milhões de pessoas com razoável poder aquisitivo, portanto, consumidores potenciais de todos os tipos de produtos e serviços, representa uma excepcional oportunidade como instrumento de comunicação e de vendas. O marketing é, essencialmente, relacionamento entre produtor e consumidor, entre uma empresa e os seus clientes. A maioria das empresas ainda não está preparada para lidar individualmente com cada um dos seus clientes. Qual o futuro do Marketing via Internet? Apesar destas críticas e restrições, confesso ser, não só usuário assumido da internet, mas seu entusiasta. Já não há, sequer, presente para o profissional de marketing que não esteja imerso até as orelhas na internet e em todas as novas tecnologias. E certamente não haverá futuro. Mas é essencial não esquecer que o marketing continua tendo seus fundamentos no relacionamento entre as pessoas. E isso, tenho certeza de que não vai mudar."

J. Roberto Whitaker Penteado
retirado de: http://www.umacoisaeoutra.com.br/marketing/jroberto.htm

Penso que será um texto interessante para ler, pois é uma opinião válida e é sempre bom estarmos actualizados com assuntos sobre uma das saídas profissionais do meu curso, Comunicação Empresarial.

Criação da minha identidade online

Foi-me proposto para a disciplina de Cibercultura criar contas em vários serviços de social media. Já estava familiarizada com o Facebook e com o Youtube pois, o primeiro, é utilizado para uma vertente mais pessoal e o segundo, sempre que necessito de uma visualização de um vídeo é onde me dirigo. É, sem dúvida, uma óptima experiência pois entrei em contacto com o Twitter e com o Flickr que são duas realidades que me eram completamente alheias.
Agora penso continuar a explorar e aprender cada vez mais ao longo do tempo.